Dos diferentes pratos.

Sou péssima na cozinha, mas todas as vezes que moro fora ganho 3kg. É regra! Nem mais, nem menos. Estou começando a desconfiar que a culpa é da gravidade, pois piso em terras tupiniquins e os 3kg somem rapidinho. Enfim, não ser uma boa cozinheira faz você passar vergonha quando tem que cozinhar um prato típico do seu país para os amigos. Então eu sempre … Continuar lendo Dos diferentes pratos.

Das surpresas no roteiro.

Hoje saindo para comprar umas frutas, dei de cara com um grupo de pessoas vestidas com túnicas brancas e alguns detalhes em preto, vermelho e verde (cores da bandeira do Quênia) andando no meio da rua e cantando, enquanto um homem carregava uma bandeira com escritos que, infelizmente, não me lembro agora. Estava sem o celular para registrar o momento mas se tratava de um … Continuar lendo Das surpresas no roteiro.

Vai diminuindo a cidade…

Assim que desci em Trevilgio começou um temporal. Sai correndo pra casa, mas no caminho tinham faixas de pedestre, então tive que ficar parada esperando o sinal abrir, enquanto caia bastante água me molhando do pé a cabeça. Não costumo carregar guarda-chuvas porque eu gosto de um bom banho de chuva, dá uma lavada na alma. Mas aquele dia já era tarde, então eu estava … Continuar lendo Vai diminuindo a cidade…

Das pessoas que a gente encontra no caminho.

Hoje uma espanhola se mudou pra minha casinha. Ela é jornalista freelancer, o que torna mais fácil viajar. Já foi pro Brasil, viajou pela Europa e agora está rodando a África. Uma pessoa simpática e interessante. Me fez lembrar quantas pessoas diferentes já passaram pela minha vida ao longo desses anos. Daqueles que bebem por uma noite num bar qualquer até aqueles que ainda te … Continuar lendo Das pessoas que a gente encontra no caminho.

Paisagens.

Ontem peguei a estrada com alguns amigos e saímos por aí a procura de um Baobá. No caminho fomos surpreendidos por uma paisagem cheia de girafas. Impossível não parar para contemplar aquele lindo cenário. Depois de um tempo ali, seguimos viagem. Foram quase quatro horas de estrada até encontrar com ela, a árvore da vida. Tão grande, tão linda. O tronco parece rocha! Devia ser … Continuar lendo Paisagens.