Guarda-chuva

Nunca me achei uma pessoa adepta à guarda-chuvas. Constatei minha teoria quando morei na Inglaterra. Lá guarda-chuva é coisa séria. As pessoas lidam com esse apetrecho com assaz destreza que parecem seguir uma série de regras de etiqueta com a sombrinha na mão. Movem para cima, para o lado, se abaixam…fazem manobras incríveis para não esbarrar no guarda-chuva vizinho sem se molharem, tudo isso com … Continuar lendo Guarda-chuva

Eu não estava naquele trem.

Quinta feira, 7:17. Essa é a hora que pego o trem todo dia para ir ao trabalho. Hoje ele chegou pontual, coisa que muitas vezes não acontece. Consegui um lugar pra sentar. Enquanto isso, as pessoas conversavam entre elas ou pelo telefone. Começaram a circular novos vagões “safe and quiet” por aqui e a piada é que um trem na Itália nunca será quiet. As … Continuar lendo Eu não estava naquele trem.

Histórias no meu sofá.

Essa semana dei tchau a mais uma velha amiga. Perdi as contas de quantas pessoas recebi aqui, cada um com sua história e bagagem. Alguns a passeio, alguns temporariamente, alguns em definitivo pela Europa. Pessoas que já viajaram o mundo e pessoas que saíram de casa pela primeira vez. Independente disso, todos elas vivendo algo novo. Eu recebi pessoas que viraram amigos, amigos distantes e … Continuar lendo Histórias no meu sofá.

O que aprendi viajando sozinha

A primeira vez que viajei sozinha eu tinha meus queridos 18 anos. Demorei muito a entender porque tanta gente me olhava espantada e dizia que isso era um ato de coragem. Tinha amigos que viajavam e voltavam cheios de história, mas quando era eu a protagonista a primeira pergunta que ouvia era “mas você foi sozinha?” Infelizmente a reação é compreensível: tem muito lugar que … Continuar lendo O que aprendi viajando sozinha

Hoje faz um ano…

…que encaixotei minhas tralhas e resolvi fazer de uma mochila meu armário. Não que tenha sido difícil, tenho poucas roupas e já era mais do que hora de partir. Eu tinha meus motivos pessoais/profissionais e um plano “A”: me estabelecer na Europa, onde eu encontrasse um trampo e pudesse continuar viajando nas horas vagas. Decidi em maio, saí do trabalho em junho, mas foi só … Continuar lendo Hoje faz um ano…

Notas de uma viajante – parte 2

Caso a memória falhe ou o diário se perca, aqui está mais um apanhado de notas sobre o que aprendi com minhas experiências de viagens: Para pegar o ônibus em Dublin é melhor ter a quantidade exata do valor da passagem, pois eles não dão troco. Aliás, todo ônibus tem wifi e funciona muito bem. * Gatos habitam cenários mundo afora. Em Israel, eles estão por … Continuar lendo Notas de uma viajante – parte 2

Notas de uma viajante

“35 países percorridos. 20kg de mochilas nas costas. Mente mais aberta, pernas mais cansadas. Noites mal dormidas, amizades feitas “na estrada”. Rumo incerto, um passo de cada vez. Amanhã sei meu destino, fim de semana já não sei. Seria meu destino ter vários destinos ou acalmar essa alma inquieta de uma vez? Muitas histórias rabiscadas num pequeno diário. Tá na hora de voltar a compartilhar … Continuar lendo Notas de uma viajante