Hoje faz um ano…

…que encaixotei minhas tralhas e resolvi fazer de uma mochila meu armário. Não que tenha sido difícil, tenho poucas roupas e já era mais do que hora de partir. Eu tinha meus motivos pessoais/profissionais e um plano “A”: me estabelecer na Europa, onde eu encontrasse um trampo e pudesse continuar viajando nas horas vagas. Decidi em maio, saí do trabalho em junho, mas foi só … Continuar lendo Hoje faz um ano…

Não esqueça seu passaporte, nem o nome do seu avô.

A primeira vez que entrei em Israel eu não tinha bilhete de volta, o que poderia ser um grande motivo para me fazerem mil perguntas e explicava minha ansiedade. Para minha surpresa o policial nem um “oi” sequer me deu. Pegou meu passaporte, imprimiu o papel de entrada* e finalmente coloquei meus pézinhos em Tel Aviv. Então resolvi fazer uma viagem com meu companheiro para … Continuar lendo Não esqueça seu passaporte, nem o nome do seu avô.

Notas de uma viajante – parte 3

Na Bulgária existe a expressão “dois minutos de atraso podem salvar sua vida”, devido a história do Czar Boris III ter chego atrasado no funeral na igreja Nedelya, em Sofia. Seus dois minutos de atraso o pouparam de ser vítima da explosão à igreja, em 1925. Por isso, é comum as pessoas chegarem um pouquinho atrasadas nos compromissos. Após o atentado a igreja ortodoxa foi … Continuar lendo Notas de uma viajante – parte 3

É ano novo, de novo.

Dois anos novos em um ano só. Dia 02 de outubro eu me encontrava em Israel, coincidentemente, o dia de celebração do ano novo judeu, 5777 de acordo com seu calendário. Hoje celebro a virada de 2016 novamente em Israel, apesar de acreditar que meu ano começou antes mesmo deste acabar, no dia 22 de setembro, quando embarquei num voo sem passagem de retorno. Desde … Continuar lendo É ano novo, de novo.

Notas de uma viajante – parte 2

Caso a memória falhe ou o diário se perca, aqui está mais um apanhado de notas sobre o que aprendi com minhas experiências de viagens: Para pegar o ônibus em Dublin é melhor ter a quantidade exata do valor da passagem, pois eles não dão troco. Aliás, todo ônibus tem wifi e funciona muito bem. * Gatos habitam cenários mundo afora. Em Israel, eles estão por … Continuar lendo Notas de uma viajante – parte 2

Notas de uma viajante

“35 países percorridos. 20kg de mochilas nas costas. Mente mais aberta, pernas mais cansadas. Noites mal dormidas, amizades feitas “na estrada”. Rumo incerto, um passo de cada vez. Amanhã sei meu destino, fim de semana já não sei. Seria meu destino ter vários destinos ou acalmar essa alma inquieta de uma vez? Muitas histórias rabiscadas num pequeno diário. Tá na hora de voltar a compartilhar … Continuar lendo Notas de uma viajante