Pequenas gentilezas

A Dinamarca usa a própria moeda – a coroa dinamarquesa. No meu último dia em Copenhague, já no aeroporto, ainda tinha uns trocados pra comer. Pensei “deve dar pra um café e uma brioche.” Quando cheguei no caixa descobri que não dava. Faltava uns pouquíssimos centavos pra completar a compra. Falei que então não precisava do café, não tinha problema. A mulher do caixa me olhou e disse ‘imagina! dá sim!’ tirou umas moedas de um copinho de gorjetas e completou com as minhas. Tomei um café com gostinho de gentileza.

*

Peguei um bus pra me deslocar em Berlim, mas só tinha uma nota inteira. Jojo, minha host alemã e hoje amiga, me disse que não deveria ser um problema. Entrei no ônibus e fui comprar o bilhete com o motorista. Não tinha troco. Já estava me preparando pra descer, quando ele me disse que não tinha problemas, apontando um assento para que eu pudesse me acomodar e seguir meu trajeto. Uma pequena viagem com ar de gentileza.

*

Quem sabe para eles foi só mais um dia comum. Mas seus pequenos gestos ainda são recordados na minha memória. Quem sabe seja coisa da minha cabeça, mas quando somos gentis, recebemos de volta, não importa de que maneira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s