Você tem asa, filho.

Por Danilo Arenas.

Vai voar. Cê tem asa, cara. Vai lá sentir o beijo do mundo. Depois conta pro seu irmão; explica em detalhes como que é um batuque e um tambor na África. Conta como como é a chuva que cai na muralha e molha quem tem os olhos puxados. Vai ver beija-flor na Alemanha se tiver algum por lá.

Vai voar. Cê tem a chance, cara. Vai lá sentir o abraço da terra que nunca te viu antes. Pra quando chegar contar tudo pra sua vó; se dói muito cair de bike no Japão. Quando puder manda uma carta pra sua mãe. Ela vai querer saber como você tá. Se precisa de blusa na Rússia e vai perceber que sua letra muda quando cê tá com frio.

O que a gente vê, Danilo é uma parte do todo. Pensa assim: o que se vê é só uma parte de todas as outras coisas que podem existir. Se duvidar têm mais de um milhão de mundos possíveis. Sempre, sempre dá pra achar um céu mais azul. Sempre.

E quando achar: aproveita. Ouve bem aqueles que conhecem muito daquilo que você não conhece nada. Cai no mundo, filho.

E quando tiver voando por aí, lembra de mim. Aquele homem cheio de sonho na arte; de desejo com liberdade. Eu – seu pai que não viajou – quero que me conte como é o mundo que tem aí fora. Isso vai me ajudar a construir o mundo que tem aqui dentro. Aqui dentro de mim. Porque um dia eu vou viajar, mas enquanto eu não for, vai por mim. Cê tem asa, cara…

Ficha técnica:
Direção: Danilo Arenas
Roteiro e Narração: Fábio Chap
Ator: Maurício Arenas
Trilha: Kai Engel – When the Lights Came On (Under License of Creative Commons)
Imagens VHS: Acervo Família Arenas

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s